PUBLICIDADES

9 de setembro de 2011

PM prende golpistas em Vila Pavão

Policiais da P/2 do 2º BPM e do Pelotão de Vila Pavão/ES, prenderam na tarde desta quinta-feira (08) de setembro de 2011, no município de Vila Pavão/ES, 02 homens, um de 18 e outro de 21 anos, ambos acusados de crime de extorsão na Zona Rural dos municípios de Vila Pavão e Nova Venécia/ES. 
A operação policial comandada pelo 1º Sgt PM Elimar  Felisberto, Comandante do 2º Pelotão em Vila Pavão/ES, foi desencadeada após levantamentos realizados em torno dos crimes de extorsão que vinham ocorrendo nas propriedades rurais nos meses de agosto e setembro nos referidos município.


Como era praticado o crime?


Os golpistas se deslocavam às propriedades rurais e com uniformes de uma empresa prestadora de serviços a ESCELSA, quebravam os lacres e danificavam os relógios, em seguida procuravam os proprietários e dizia que eles haviam violados os relógios e que a multa poderia chegar à R$ 07.000,00 (sete mil reais).
Na sequência exigia das vítimas a quantia de até R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para não multa-los. Segundo levantamentos alguns produtores chegaram a pagar aos extorsionários a quantia de R$ 3.000,00 (três mil reais).
De acordo com o Boletim de Ocorrência Policial, a PM ao tomar conhecimento dos golpes, passou a investigar o caso, inclusive avisou aos lavradores residentes em Vila Pavão, para que entrassem em contato com os Policiais, quando os suspeitos chegassem a suas propriedades. Segundo informações, só nesta semana, foram aproximadamente 05 vítimas, inclusive na manhã desta quinta-feira, um proprietário que já conhecia o golpe por meio de informações da PM, quando os suspeitos chegaram à sua residência, escondeu-se no interior da casa e disse para sua esposa falar para os suspeitos
retornarem às 17 horas, pois seu marido iria voltar aquele horário.
Assim, foi montada a operação policial na tarde desta quinta-feira, que culminou na prisão dos acusados, que estavam utilizando uniforme de uma empresa prestadora de serviços e crachás da empresa ESCELSA (falsificados).
Com a prisão dos suspeitos que utilizava um veículo locado, foram apreendidos, lacres, medidor de energia, ferramentas, fios, e outros utensílios.

Ao final os extorsionários e os materiais apreendidos foram conduzidos à Delegacia de Policia Civil, para fins de lavratura do auto de prisão em flagrante delito. Consta que há outras pessoas envolvidas no crime e que já estão sendo investigados pelo Serviço de Inteligência do 2º BPM.

Nenhum comentário:

 

©2009 Célio Magrini | Template Blue by TNB