PUBLICIDADES

19 de abril de 2011

Prefeitura de Boa Esperança e Vale realizam estudos de áreas para reflorestamento

Boa Esperança  vem sendo referência na região pelo comprometimento com   a  política ambiental.  Nos dias 13 e 14 deste mês  a Prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente (SEMMA), em parceria com a Companhia Vale do Rio do Doce (VALE), realizou  mapeamento de mais 14 áreas cadastradas no  município, visando um diagnóstico e elaboração de projeto técnico para adaptação de  cada área a ser restaurada.
“Com este estudo de campo vamos poder determinar quais as espécies e quantidade de mudas que serão necessárias para o reflorestamento das regiões degradadas”, explica Engenheiro Pleno da Vale, Ernesto Seiji Sakai.
O estudo é continuação do Projeto Extensão Ambiental do Governo do Estado, através do Instituto Estadual de Meio Ambiente (IEMA), como coordenador, e com as parcerias do IDAF, INCAPER e prefeituras, com trabalho voltado para a recuperação e preservação de Nascentes e Área de Preservação Permanente Próxima ao Leito de Rios e Córregos (APP Molhada). “Através destas  parcerias estamos trilhando na direção certa, com desenvolvimento de ações que já apresentam bons resultados, no sentido de recuperação das matas e preservação de nascentes”, destaca o secretário de Meio Ambiente, Pedro Dutra.
Nos últimos dois anos foram distribuídas 63 mil mudas de árvores nativas da Mata Atlântica para produtores rurais, sendo 20 mil adquiridas em convênio com governo estadual e 43 mil de produção própria, com objetivo de ampliar a cobertura florestal e a restauração de áreas degradadas. 

Nenhum comentário:

 

©2009 Célio Magrini | Template Blue by TNB