PUBLICIDADES

24 de agosto de 2010

Saúde e Educação desenvolvem programa de prevenção contra cárie em Boa Esperança


Por Célio Rodrigues de Paulo Magrini
A prefeitura de Boa Esperança, por meio das secretarias de Saúde e de Educação, está desenvolvendo um projeto nas escolas visando melhorar a qualidade da saúde bucal dos escolares da rede pública de ensino no município e, ao mesmo tempo, incentivar as crianças a desenvolverem hábitos de higiene nas diversas situações do cotidiano.
Além da retirada de alimentos açucarados como doces, balas e refrigerantes das cantinas das escolas, várias ações de prevenção contra cárie e promoção à saúde estão sendo desenvolvidas. A capacitação de agentes de saúde e também de professores da rede estadual e municipal de ensino sobre saúde bucal, com carga horária mínima de 20 horas e palestras educativas para os pais são algumas dessas ações.
As medidas estão sendo tomadas em virtude do resultado de uma pesquisa realizada por cinco cirurgiões dentistas de Boa Esperança, que revelou um alto índice de cárie em crianças com idade entre 5 a 14 anos. Conforme ficou demonstrado nos escolares examinados, de 11 a 13 anos de idade o estudo apontou uma prevalência moderada, aos 6, 7, 9, 10,12 e 14 anos apresentou uma prevalência alta e a idade de 8 anos uma prevalência de cárie muito alta.
Considerando a idade de 12 anos como referência, como preconiza a Organização Mundial de Saúde (OMS), dos 58 escolares examinados, 175 dentes estavam cariados, 2 perdidos e 86 foram obturados. O resultado da pesquisa foi alarmante, ou seja, o número de dentes cariados em todas as idades é muito grande, o que explica este resultado de prevalência de cárie insatisfatório. “Esses valores elevados indicam más condições de saúde bucal da população, que estão associados a condições socioeconômicas desfavoráveis, dificuldade de acesso aos serviços e hábitos deletérios como alto consumo de açúcar”, explica a odontóloga Juliana Targino Dias de Sá Fonseca, coordenadora de Saúde Bucal.
O alto índice de cárie registrado no município foi apresentado no último dia 18, durante uma reunião com Lauro Vieira, secretário de Educação e diretores da rede municipal de ensino. O Secretário Municipal de Educação, Lauro Vieira, destacou a importância da parceria entre as Secretarias de Educação e de Saúde, bem como a integração escolas e comunidade no programa.
“O programa é muito importante porque conscientizando e tratando dos dentes das crianças de hoje, teremos adultos com a boca saudável amanhã”, disse Lauro Vieira.

Nenhum comentário:

 

©2009 Célio Magrini | Template Blue by TNB