PUBLICIDADES

5 de fevereiro de 2011

IEMA, Vale e Prefeitura de Boa Esperança discutem Programa Extensão Ambiental 2011


Integração do Município com o Programa de Extensão Ambiental, Identificação de Potencialidades, Dificuldades e Metas, esses foram os temas debatidos em uma reunião realizada em Boa Esperança, na manhã de quinta-feira (03), que contou com a presença do secretário Municipal de Agricultura, Pedro Dutra; de Meio Ambiente, Jobson Rodrigues; engenheiro florestal do Instituto Estadual de Meio Ambiente (IEMA), Guilherme Mendonça; representantes da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), engenheiro Ernesto Seiji Sakai e supervisor Márcio Santos Ferreira, além dos servidores Elder Chagas e Solimar Bolsanelo.
Durante o encontro foram apresentadas aos visitantes as propriedades que estão cadastradas no programa para o ano de 2011, os bons resultados alcançados com a parceria, e também foram discutidas as demandas necessárias para execução do programa. 
Após a reunião os técnicos do IEMA e da CVRD participaram de uma visita às áreas do Corredor Ecológico Córrego Veado, outro Projeto do Governo do Estado que o município está inserido e as propriedades onde foi implantado o Programa de Extensão Ambiental em 2010, e ficaram impressionados com o desenvolvimento e comprometimento do município com o programa.
“Agradou-nos muito o envolvimento e o interesse do município em participar deste programa. Percebemos uma grande integração entre as Secretarias (SEMA) e (SEMADER), algo de muito positivo que não vimos  nos outros municípios. Esperarmos que Boa Esperança  possa ser um exemplo de política ambiental  apoiado e planejando adequação nos imóveis rurais”, afirmou Guilherme Mendonça, Eng. Florestal e Analista de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do IEMA.
Estágio do Plantio das Mudas no Corredor Ecológico em 2010 e 2011
Nos últimos dois anos foram distribuídas 63 mil mudas para produtores rurais, sendo 20 mil adquiridas em convênio com governo estadual e 43 mil de produção própria, com objetivo de ampliar o projeto de cobertura florestal e a restauração de áreas degradadas, localizadas próximas a leitos de córregos e nascentes.
“O prefeito Romualdo Milanese não tem medido esforços para desenvolver ações de recuperação dessas áreas e preservação das nascentes, bem como apoio técnico necessário aos produtores rurais para plantio das mudas doadas”, explicou Jobson Rodrigues, secretário de Meio Ambiente.
  

Nenhum comentário:

 

©2009 Célio Magrini | Template Blue by TNB