PUBLICIDADES

1 de setembro de 2010

Programa de Ética e Transparência Eleitoral é apresentado em Boa Esperança


Célio Rodrigues de Paulo Magrini

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) apresentou em Boa Esperança o Programa de Ética e Transparência Eleitoral, PRETE, na noite de terça-feira (31-08), no salão de Júri do Fórum desembargador Mário da Silva Nunes, no bairro Ilmo Covre. O presidente do TRE-ES, desembargador Pedro Valls Feu Rosa, esteve no município para lançar o programa, que tem entre os objetivos estimular o voto consciente e extinguir a prática da compra de votos.
O encontro aberto a toda sociedade contou com a participação dos Juízes das zonas Eleitorais de Boa Esperança e de Pinheiros, Dr. Charles Henrique Farias Evangelista e Dr. Felipe Leitão Gomes, respectivamente; Dr. Adenildo Luchi, Promotor Eleitoral; do Prefeito Romualdo Milanese; Vereadores; Secretários; Representantes do Cartório do município; Policias Militar e Civil; Advogados; Lideranças Religiosas e Políticas da região. Durante o evento o público recebeu panfletos com informações sobre o projeto e orientações de como denunciar e combater a corrupção, além de assistir a uma apresentação cultural da Estudante Bianca Schneider, e o vídeo que mostra os objetivos do PRETE.Em seu discurso o juiz anfitrião, Dr. Charles Henrique Farias Evangelista falou da importância do programa e convidou todos os cidadãos a participarem desse movimento.

“A justiça convoca os senhores para participar desta importante luta de combate a compra de votos, para que possamos permitir ao eleitor dirigir-se às urnas de forma livre e serena, para que seu voto seja respeitado, para que não haja em nenhuma hipótese a influencia do poder econômico e político” ressaltou o juiz.
O Prefeito Romualdo Milanese também reforçou a importância do PRETE.
“Esse programa é muito importante para orientação não só para a classe política, mas para todas as lideranças do município e também dos eleitores”, disse.
Ao discursar, o presidente do TRE-ES, Pedro Valls Feu Rosa, disse que o PRETE já não é mais um programa do TRE e finalizou o evento convocando toda população a aderir ao Programa de Ética e Transparência Eleitoral.
“O projeto é de vocês, é da população, não é um projeto para limitar-se a essa eleição. Tenho pedido as pessoas de bem, a quem não concorda com bandalheira, que não concorda com coisa errada, que dê as mãos à gente. As pessoas que concordam em combater a compra de votos, que se indignarem com a compra de votos, quero que assinem esse termo de adesão”, ressaltou o desembargador.
São 1000 movimentos sociais, centenas de sindicatos, empresas e as mais importantes instituições do Espírito Santo que estão envolvidas neste projeto.

Nenhum comentário:

 

©2009 Célio Magrini | Template Blue by TNB