PUBLICIDADES

12 de agosto de 2010

Policia prende acusados de roubo a uma joalheria em Pinheiros

Na tarde desta quarta-feira (11.08.2010), Policiais Civis e Militares, prenderam 04 (quatro) pessoas envolvidas no crime de roubo em joalheria, na cidade de Pinheiros.
Com a prisão dos acusados foram recuperarados 08 (oito) relógios; 08 (oito) anéis; 07 (sete) cordões; 05 (cinco) pulseiras; 02 (duas) caixas contendo bijuterias; 02 (duas) câmera digital; 01 (um) aparelho toca CD; 23 (vinte e três) aparelhos celulares; 01 (um) veiculo VW Gol, placas HFP 7829; bem como outros materiais relacionados no BOP 716/2010.
A operação foi desencadeada após levantamentos realizados pelos Agentes do Serviço de Inteligência, em torno do crime de roubo ocorrido no mês de maio, na Joalheria “Ágata Jóias”, localizada no centro da cidade de Pinheiros/ES. Na época 03 (três) homens armados com revólveres invadiram a joalheria e anunciaram o assalto, roubando grande quantidade de jóias.
Após o crime, os Agentes da P/2 realizaram diligências ininterruptas com o objetivo de localizar os autores do delito e consequentemente recuperarem os materiais roubados, sendo que após vários levantamentos, identificaram os suspeitos G.C.F., 41 anos, vulgo “Zinho”, 27 anos, vulgo “Galvão”; N.D.D., 24 anos, vulgo “Cocota”, e uma adolescente, 14 anos, como sendo os principais acusados do assalto.
Assim, de posse de Mandados de Prisão e de Busca e Apreensão expedidos pela Justiça da Comarca de Pinheiros/ES, na tarde de ontem quarta-feira foi montada a operação policial realizada pelas Polícias Militar e Civil, que resultou na prisão dos acusados e na recuperação dos materiais acima citados.
Durante a operação policial os acusados G.C.F. e R.R., foram reconhecidos pelas vítimas como sendo os autores do assalto ocorrido na referida Joalheria.
De acordo com levantamentos, os detidos são suspeitos de participaram de outros crimes de roubos no norte de Estado, inclusive já estão sendo investigados pela Polícia.Os acusados e os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Pinheiros/ES, para as providências julgadas necessárias.

Nenhum comentário:

 

©2009 Célio Magrini | Template Blue by TNB